logos_site_2.png

Assembleia nas Antas

26 de Março de 2022

No dia 26 de Março de manhã juntaram-se os moradores da zona das Antas na Praça das Flores para uma Assembleia.

Foi fácil perceber que a zona das Antas é ainda um centro dos mais variados problemas relacionados com as nossas casas. Entre os vários problemas identificados é importante salientar: A privatização dos bairros sociais, como é que pessoas sem rendimentos conseguem ter dinheiro para manter as casas em condições dignas?; O aproveitamento do terreno do Bairro de São Vicente de Paulo para rendas especulativas; A dificuldade em aceder a uma habitação social, os critérios impossíveis de cumprir e as negas sem justificação são o padrão da Domus Social; A falta de quartos nas habitações atribuídas porque uma casa digna não pode ter pessoas a dormir no sofá da sala; A falta de condições nas casas! Humidade, fossas à vista, frio, chuva dentro de casa, e quem tem o dever de fazer obras nada faz; O aumento das rendas que faz com que muitas famílias tenham de escolher entre comprar medicamentos ou ir para a rua; A quantidade de edifícios vazios, públicos e privados, expulsam as pessoas com os valores das rendas e deixam as casas vazias a apodrecer e a danificar as vizinhas!

Falamos também de como é difícil chamar as pessoas que sofrem dos problemas que vimos em cima para uma luta por melhores condições! O problema da habitação é um problema colectivo e por isso mesmo requer uma luta e uma solução colectivas! 

Fizemos também a reflexão sobre como a Habitação é importante para conseguirmos ter estabilidade para aceder a outros direitos como ao trabalho, à saúde e ao descanso!

O problema da Habitação é histórico e os mais pobres, que cada vez são mais, nunca tiveram os seus problemas resolvidos! O direito à habitação está na constituição como o direito à saúde mas o Estado nada faz para o cumprir, por outro lado incentiva a que tudo continue na mesma!

O que podemos fazer para construir esta luta?

Ficou claro que todos temos de lutar para que uma casa digna não seja um luxo mas uma garantia! 

Exigimos habitação pública com rendas em função dos rendimentos! Não podemos ganhar 500€ e pagar 400€ de renda!

Exigimos que o problema da habitação seja visto na sua real dimensão, porque as situações que vemos acontecer aqui replicam-se por todo o país!

Exigimos e participamos na identificação das casas vazias enquanto houver gente sem casa!

Só todos juntos conseguimos fazer uma luta informada e organizada pelo direito à habitação! Tens algum dos problemas que viste aqui? És solidário com as pessoas que estão a passar por este problema? 

 

Junta-te a nós! Descobre mais informações na sede do Fluminense.

Vamos lutar por Habitação, Hoje!

Antas.JPG
logos_site_2.png